A interface computacional de “Homem de Ferro” e “Os Vingadores”

Mais do que simplesmente desenhar qualquer coisa que pareça tecnológica na tela, quem cria as interfaces computacionais em filmes tenta representar uma época ou prever tendências de futuro. Com o passar dos anos, o trabalho se tornou mais complicado.

O acesso a tecnologia de todo tipo e tamanho foi democratizado, e torná-la verossímil nas telas de cinema requer muito mais que mero exercício de futurologia. É preciso parecer incrível, mas sempre perto do possível.

É exatamente isso o que fez o designer de motion graphics Jayse Hansen para a Marvel, nos filmes do “Homem de Ferro” e “Os Vingadores”. Ele foi o responsável por criar os elementos e animações do visor do Mark VII, construído por Tony Stark.

Via

Anúncios

Conheça as imagens promocionais da Adobe Creative Suite CS6

A Adobe lançou o mais recente e aguardado Adobe Creative Suite CS6 . É composto de 19 programas que são divididos em 4 suítes . O estudo Tolleson (São Francisco) foi responsável pelas imagens promocionais que você confere agora:

Adobe Creative Suite 6 – Photoshop Extended 

Adobe Creative Suite 6 – Dreamweaver 

Adobe Creative Suite 6 – Photoshop 

6 Adobe Creative Suite – InDesign 

Adobe Creative Suite 6 – Illustrator 

Adobe Creative Suite 6 – Premiere 

Peças publicitárias

Como você observou, as mudanças no pacote anterior (CS5) são radicais em design. Nesta versão, foi dada prioridade à estética funcionais, deixando de refletir a identidade de cada produto, como tinha feito em ocasiões anteriores. O que você achou deste novo movimento pela Adobe?

VÍDEO: O futuro luxuoso e tecnológico de Swedish House Mafia

O trio sueco Swedish House Mafia não tá fraco não! Seguindo uma linha de videoclipes espetáculares como One (your name) e Save the World (40 milhões de views)os caras lançaram ontem o clipe de Greyhound em pareceria com a Absolut Vodka. O clipe mostra uma corrida de cães ultra tech com apostas entre milionários excêntricos e fashionistas do futuro, com os cães da corrida sendo controlados pelos DJs em interfaces a la Tron legacy. 

O mais interessante é a atmosfera futurística e apocalíptica que une referências de moda + steampunk + estética TRON e Minority Report … a releitura de futuro do diretor criativo é nota 1000, e para mim um dos melhores videoclipes lançados nos ultimos anos. Bem que o futuro poderia ser assim… será que eu nasci na época errada?

Sentou? Pegou a pipoca? Aperte o play

Tipografia e Motion Design: Acompanhando a letra da música com estilo

Viajando pelo Youtube um dia desses, comecei a assistir os chamados lyrics videos de algumas músicas que eu gosto, que nada mais são do que vídeos promocionais que as gravadoras lançam pra gente acompanhar a letra da música de um jeito muito mais animado que lendo as estrofes no Vagalume (rs).

Os lyric videos promocionais do Dj francês David Guetta, que vou mostrar nesse post, são para mim os mais produzidos, todos tem um trabalho de arte incrível que retratam a mensagem que a música quer passar em forma de tipografia e efeitos 2D/3D. Vale a pena gastar um tempinho viajando em um deles.


O motion design de tipografia, ou kinect tipography é uma ótima alternativa pra bandas que não tem uma grande verba pra videoclipes mas desejam divulgar a música por meio da internet. Dica anotada???

Pra finalizar, um pouco de POLÊMICA… o videoclipe de All of The lights, do rapper Kanye West (participação da cantora Rihanna seminua), dirigido pelo talentoso Hype Williams, tem muitas cenas interessantíssimas de tipografias aleatórias piscando como letreiros de uma cidade à noite em grande velocidade. Tais cenas podem causar convulsões em epilépticos e realmente, se você assiste o vídeo com as luzes apagadas, a sucessão de luzes do final do clipe é punk mesmo Rs.